Proteção virtual

Proteja-se: SPAM continua sendo uma ameaça perigosa

17/05/2022, por Safe Orange
 


O SPAM surgiu como uma mensagem não solicitada que empresas de propaganda enviavam para um grande número de pessoas. Até aí tudo bem, porque essas mensagens eram no máximo um incomodo e perda de tempo.

Porém, o propósito inicial de vender deu lugar a novas oportunidades de cometer crimes. O golpe conhecido como phishing, por exemplo, é um tipo de SPAM que busca senhas, números de cartões, informações bancárias, entre outros dados sigilosos. 

Saiba mais: neste artigo você confere como a educação pode resolver o problema do phishing.

Origens do SPAM

O nome SPAM tem duas origens. Uma vai dizer que se trata da sigla em inglês “Sending and Posting Advertisement in Mass”, ou seja, “Enviar e Postar Propaganda em Massa”. A outra versão afirma que é uma expressão retirada de um esquete de humor do grupo britânico Monty Python. 

Há registros do primeiro caso de SPAM em 1994 como uma mensagem não solicitada que encheu a caixa de entrada e até mesmo comprometeu o funcionamento de um fórum, irritando seus usuários.  

Quais são os maiores riscos?

Ainda existem mensagens que são estritamente publicitárias e, na melhor das hipóteses, gastam o tempo do usuário. O problema é que a quantidade de SPAM é tão elevada que gasta recursos valiosos das empresas, valor este que é repassado para o consumidor final. 

Entretanto, os maiores riscos estão no envio de ramsonwares que podem levar a prejuízos financeiros difíceis ou até mesmo impossíveis de recuperar, já que muitos SPAMS conseguem cobrir seus rastros e impedir que uma investigação seja feita.

Como se proteger do SPAM?

Confira logo abaixo uma lista valiosa de boas práticas para que você possa escapar do SPAM e do phishing:

Nunca responda 

O remetente de SPAM quer saber se o seu e-mail está ativo. Por isso, quando há qualquer tipo de resposta, a quantidade de SPAM só aumenta.

Não clique em links 

Recebeu um e-mail de fonte não conhecida? Não clique nos links. Simples assim.

Atualize o navegador

A versão mais recente do seu navegador traz atualizações de segurança que já reconhecem os novos golpes.

Utilize vários endereços de e-mail

Busque ter ao menos um e-mail particular, usado para a sua lista pessoal, e um e-mail público para se inscrever em fóruns, cursos e demais serviços. O e-mail público pode inclusive ser trocado de tempos em tempos. 

Comece a filtrar o SPAM

Os provedores de e-mail oferecem filtros para evitar que o SPAM chegue até você. Conheça mais sobre eles e saiba como adicionar um remetente nessa lista indesejada. Existem recursos avançados que podem ser de extrema importância. 

Fique de olho nas redes sociais

O SPAM não é uma exclusividade dos serviços de e-mail. Hoje é possível encontrar esse tipo de mensagem em todas as redes sociais, incluindo o WhatsApp. Geralmente são fake news ou golpes que visam roubar dados e dinheiro.

Como a Safe Orange pode ajudar?

Os criminosos virtuais estão sempre em busca da próxima vítima. Mas você não precisa e não pode cair nas armadilhas. Saiba que sua empresa pode contar com a Safe Orange

Que tal usufruir da melhor solução de segurança da informação do mercado? Entre em contato com a gente e entenda como o seu negócio pode ser protegido de verdade!